Home / Tratamentos ORM / Cosméticos e Cosmecêuticos

Cosméticos e Cosmecêuticos

Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os cosméticos são preparações constituídas por substâncias naturais ou sintéticas, de uso externo nas diversas partes do corpo humano (pele, sistema capilar, unhas, lábios). Eles têm como objetivo exclusivo ou principal de limpá-los, perfumá-los, alterar sua aparência, corrigir odores corporais, protegê-los ou mantê-los em bom estado.

Já o termo cosmecêutico descreve os cosméticos que contêm ingredientes que são bioativos, ou seja, cuja eficácia foi medida e provada através de vários estudos. Estes possuem propriedades terapêuticas, de combate a doenças ou problemas estéticos. Utilizam ativos cuja interação com o organismo é maior e comprovada e podem ser prescritos em formulações médicas individuais. Servem como uma ponte entre os produtos de cuidados pessoais e farmacêuticos.

A busca de novos princípios ativos (as substâncias que de fato têm algum efeito sobre a pele) deu um salto na última década. Com a sofisticação das pesquisas, ganhou-se também mais conhecimento sobre o que realmente funciona nos produtos que se propõem a tratar a pele, obtendo maior benefício nos tratamentos estéticos.

Dicas para fazer bom uso dos cosméticos:

– Compre produtos de empresas idôneas, conhecidas no mercado;
– Busque referências com pessoas que já utilizaram o produto. Prefira os de empresas que possuam serviços de atendimento ao consumidor;
– Não compre produtos que não informam o prazo de validade no rótulo. Cremes e maquiagens vencidos podem causar problemas como alergias e infecções;
– Cuidado com os importados. Esses cosméticos são feitos para pessoas acostumadas a outro clima e outra região. Cremes europeus, por exemplo, tendem a ser mais oleosos do que os produzidos no Brasil, elaborados para o clima tropical, e podem ocasionar acne cosmética;
– O uso caseiro de alguns produtos, como os alisantes para cabelo, pode provocar queda de cabelo e até queimaduras no couro cabeludo. Procure um profissional quando desejar fazer procedimento deste tipo;
– Não adicione ampolas de vitamina, óleos ou pílulas anticoncepcionais aos seus produtos. A mistura altera a fórmula e pode deteriorar o cosmético;
– Certifique-se com seu dermatologista antes de comprar um produto novo que sugere e promete milagres. Isso não existe.

Às vezes é melhor investir em tratamentos com Leds ou Lasers do que gastar fortunas em cosméticos importados.

Leia Também

[line]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *