Home / Tratamentos ORM / Botox® – Toxina Botulínica

Botox® – Toxina Botulínica

Com o avançar da idade, aparecem no rosto rugas, que nada mais são do que sulcos que estão dentro da pele em locais onde há inúmeras repetições de movimentos de expressão. Estas ‘linhas de expressão’, frequentemente chamadas de sulcos ou pés-de-galinha, surgem devido à contração do músculo que está abaixo da pele naquela área. Para amenizar esta ação, o tratamento mais indicado é a aplicação da Toxina Botulínica.

Interessante salientar que a Toxina Botulínica tem sido usada, de maneira segura e com muito sucesso, em Oftalmologia há mais de 15 anos. Nas quantidades utilizadas atualmente para o tratamento das rugas, os efeitos secundários são temporários e localizados na área daquela injeção.

O que é a Toxina Botulínica?

A Toxina Botulínica, cuja marca mais conhecida é o Botox®, é uma toxina purificada, produzida pela bactéria Clostridium botulinum. Embora seja uma toxina, efeitos secundários não têm sido descritos. Isso acontece porque em tratamentos adequados são usadas quantidades extremamente pequenas que não se espalham pelo organismo.

Indicações

A Toxina Botulínica é indicada para o tratamento de rugas e marcas de expressão. Ela também traz excelentes resultados para levantar as sobrancelhas, arrebitar a ponta do nariz e amenizar as rugas ao redor da boca (rugas de fumantes), sorriso gengival, região do queixo e ‘lifting químico’ do pescoço. Além disso, é muito útil para excesso de transpiração (Hiperidrose) das axilas, mãos e plantas dos pés.

Contraindicações

Existem poucas restrições no que diz respeito ao tratamento com o Botox®. Pacientes que estão grávidas ou com problemas neurológicos não devem ser tratadas.

Tempo médio de tratamento

A sessão dura entre 30 minutos a uma hora.

Saiba Mais

[line]

Tecnologia utilizada e como age

Os músculos faciais se contraem após receberem ordens de uma substância liberada que se chama acetilcolina. A toxina age bloqueando a ação desta substância, somente na região que recebeu a aplicação. Quando não há contração do músculo, não há formação de rugas.
O Botox® não afeta o nervo, portanto não existe paralisia na área da injeção, seu efeito é somente na área imediata próxima onde aconteceu a aplicação. Portanto, os músculos relacionados com a expressão não estão relacionados.

Como o tratamento é realizado?

Poucas gotas de Botox® são injetadas com uma agulha muita fina dentro do músculo que cria a ruga. Quando o Botox® é injetado dentro do músculo, ele bloqueia o impulso nervoso daquela área e, como resultado, o músculo enfraquece.

Quando o Botox® é injetado, existe uma sensação inicial de ardência por alguns segundos. Uma vez que termina essa injeção, não existe nenhum desconforto. O procedimento pode ser feito no consultório.

Cuidados no pós-tratamento

Pode-se voltar ao trabalho assim que o tratamento é realizado, porém nas quatro horas seguintes não se deve deitar, fazer exercícios físicos ou massagear o local.

Quais os resultados esperados?

As rugas na área tratada gradualmente são suavizadas e desaparecem. Os efeitos com o Botox® usualmente duram de três a cinco meses, quando uma nova injeção é necessária. Depois de muitos tratamentos, seus efeitos podem começar a durar mais, às vezes de seis a oito meses.

Outros tratamentos que utilizam a Toxina Botulínica

A Toxina Botulínica também é utilizada o tratamento de Hiperhidrose (excesso de sudorese na axila e palma das mãos) que, apesar de desagradável, é uma afecção benigna. Dessa forma, quaisquer procedimentos que envolvam riscos desproporcionais ao problema devem ser descartados como forma de tratamento.

A Toxina Botulínica também é uma alternativa segura e simples para o controle da sudorese excessiva. Por isso, atualmente, ela vem sendo utilizada para controle da Hiperhidrose palmar e axilar. O tempo de ação varia de três a 12 meses, dependendo do caso e do local aplicado. São necessárias reaplicações quando cessa o efeito.

Já a utilização da Toxina Botulínica com fins terapêuticos vem aumentando e as indicações atingem amplas áreas de atuação médica. É utilizada em distonias neuromusculares, tratamentos estéticos, afecções oftalmológicas, Síndrome de Frey, espasmos musculares e cefaléia tensional (enxaqueca), indicação esta que vem se mostrando promissora.

Pacientes que se submetem ao uso de Toxina Botulínica para controle estético de rugas frontais têm demonstrado melhora na incidência de cefaléia crônica. Alguns pacientes passaram a solicitar as reaplicações por conta da melhora que obtiveram do quadro de cefaléia tensional crônica, que apresentavam anteriormente.

Leia Também

[line]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *